Solastalgia

Córrego do Feijão, janeiro de 2019. Foto: Lucas Bambozzi

SOLASTALGIA é uma exposição montada como uma ambiência única, que envolve diferentes meios e informações que se complementam. As imagens e textos evidenciam paisagens e montanhas corroídas, em um cenário de tragédias causadas pelas mineradoras no país, que aniquilam modos de vida em nome de uma noção arcaica de progresso.

SOLASTALGIA está no MAC USP de 01 de julho a 01 de outubro de 2023

solastalgia - exposição

A manutenção do extrativismo em estado contínuo é um resquício anacrônico das diversas formas de colonização que se apossaram do mundo. No cenário atual, não há solução limpa para uma energia minimamente limpa. Instalou-se um modelo de catástrofe que cruza esferas imateriais e atinge a fisicalidade bruta das paisagens do planeta.

Na paisagem que circunda Belo Horizonte, a mineração está em toda parte. Dissimulada entre barreiras de eucalipto nas margens das estradas no alto das cadeias de montanhas, não era vista facilmente até que começaram a surgir uma diversidade de mapeamentos e cartografias, formas de visão aérea mais acessíveis, documentários, mapas abertos em milhares de dispositivos pessoais, ações ativistas e outros movimentos afrontando o controle do espaço aéreo por parte das mineradoras.

Exposição Solastalgia no MAC_USP. Foto: Lucas Bombozzi

Se antes usurpavam apenas as entranhas da terra, de forma barulhenta mas que pouco se dava a ver, a danação da paisagem passou a ser de conhecimento muito mais amplo, principalmente pela ruptura criminosa de barragens precárias e pouco cuidadas, em Mariana em 2015, Brumadinho em 2019 e outras localidades pelo estado de Minas Gerais

O visível nessas montanhas já não pode esconder aquilo que Achille Mbembe chama de perda de “continuidade entre o céu e a terra”, uma zona da paisagem onde acontece a devastação dos recursos de terra, água, espaço aéreotambém sonoro, olfativo – que se intromete nos olhos como poeira de minério de ferro suspenso no ar.

LB, junho de 2023

solastalgia - exposição
Solastalgia. Foto: Lucas Bambozzi

SOLASTALGIA, 2020-2023 
vídeo digital, projeção FullHD, 13min
Coleção do artista, São Paulo

PAISAGENS RASGADAS, 2021
série de 5 vídeos para TV LCD
Itabirito, 3min
Quadrilátero ferrífero, 3min
Entre o céu e a terra, 3min
Cronologia da danação (Cauê/Curral), 3min
Rota da lama, com nomes, 3min
Coleção do artista, São Paulo

EXTRA, EXTRA!, 2023
slide show, TV, 12 min
Coleção do artista, São Paulo

PROMPT, 2023
em colaboração com Julia Ro
Vídeo digital, projeção FullHD, 13min
Coleção do artista, São Paulo

LUZES, 2023
em colaboração com Ailton Krenak, Christiane Tassis e Giselle Beiguelman
3 painéis de LED, em loop
Coleção dos artistas, São Paulo e Minas Gerais

Exposição Solastalgia MAC_USP. Foto: Vic von Poser
Exposição Solastalgia MAC_USP. Foto: Vic von Poser
Exposição Solastalgia MAC_USP. Foto: Vic von Poser
Exposição Solastalgia MAC_USP. Foto: Vic von Poser
Exposição Solastalgia MAC_USP. Foto: Vic von Poser
Exposição Solastalgia MAC_USP. Foto: Vic von Poser
Exposição Solastalgia MAC_USP. Foto: Vic von Poser
Exposição Solastalgia MAC_USP. Foto: Vic von Poser

Ficha técnica

Conceituação, autoria: Lucas Bambozzi
Acompanhamento curatorial: Fernanda Pitta
Produção: Andrea Lanzoni / Fenda
Assistência de direção: Julia Ro 
Design e gráficos: Fernando Sato
Redes: Carolina Coelho Trindade
Assessoria de Imprensa: Patricia Marrese
Montagem: Install / Fusionaudio
Apoio: Fusionaudio e On Projeções
Documentação: Vic von Poser

Autores colaboradores: 
Ailton Krenak
Christiane Tassis
Giselle Beiguelman

Ocupação nas redes: 
Fernando Sato
Andrea Lanzoni
Lucas Bambozzi
Carol Coelho Trindade

Agradecimentos: 
Ailton Krenak
Andrea Caruso
André Hallak
Bianca Barbato
Bruno Risas
Christiane Tassis
Eder Santos
Fernando Velázquez
Giselle Beiguelman
Hugo Mendes
João Aires
OMA Galeria

SIGA A PÁGINA NO INSTAGRAM: @SOLAST_ALGIA