Screen Shot 2015-04-30 at 14.46.28

Screen Shot 2015-04-30 at 14.56.44

Screen Shot 2015-04-30 at 14.52.08

Último Suspiro é uma instalação criada para exposição Adrenalina, no Redbull Station a partir de uma montagem anterior. Montada no subsolo do espaço expositivo a instalação é composta por um conjunto de 9 TVs que pulsam ruídos visuais e sonoros, de forma ritmada – como uma imagem “entranhada”, efeito colateral de sua condição eletrônica pré-digital. Retrato de precariedades e da obsolescência voraz nas tecnologias de imagens, emitem um “último suspiro” de raio catódico. Há algo de incômodo nesse refluxo, talvez por sermos testemunhas de uma arqueologia que opera em nosso presente (Para onde vão as coisas que não queremos mais?). Percebemos que algo ainda acontece nesse arsenal sucateado, enxerga-se um faiscar elétrico, as telas emitem lampejos, ouve-se uma pequena descarga, um possível curto-circuito, um último lampejar. O projeto foi pensado a partir da obra Curto-Circuito, criada originalmente para a exposição Sistemas Ecos (Praça Vitor Civita, 2014).

Sobre a exposição:

Exposição: Adrenalina, A Imagem em Movimento no Século XXI

RedBull Station – 14 de março a 5 de maio de 2015 . São Paulo

Curadoria: Fernando Velázquez

11057456_10153671980730299_4684982678607339768_n

Vídeo sobre a exposição com depoimentos de F. Velázquez, L. Bambozzi e H. Roscoe: http://redbullstation.com.br/adrenalina-video/

Equipe original do trabalho:

criação: Lucas Bambozzi

produção: Larissa Alves

desenvolvimento e cenografia: Leo Ceolin

versão original criada para a exposição Sistemas Ecos (2014), com curadoria de Sonia Guggisberg. Informações adicionais sobre esta exposição aqui.